segunda-feira, 29 de novembro de 2010

DO-IN. Aprenda os meridianos do corpo e faça a auto-aplicação!







Por ser um assunto AMPLO e que envolve muitas técnicas, eu irei dividir as explicações em vários Posts!
Neste Post eu explico simplificadamente, o que é o DO-IN e os meridianos e a aplicação nas palmas da mão.

A técnica de do-in nasceu na China e difundiu-se rapidamente por todo o Oriente. No Japão, recebeu o nome de do-in, que significa “o caminho de casa” (casa é o corpo, morada do espírito e do ki, a energia vital).

Muito fácil de ser entendido e aplicado, o tratamento se baseia na simples pressão com o polegar sobre os centros ou pontos de captação e armazenamento, fazendo a distribuição de energia.
É uma técnica curativa e preventiva e aplicável em casos de emergência.

Sedação e estímulação

O do-in serve-se dos mesmos pontos utilizados na acupuntura para tratar e prevenir distúrbios e enfermidades no corpo, restaurando, segundo os conceitos da medicina chinesa tradicional, o fluxo da energia Ki, onde esta tenha sofrido bloqueios ou desequilíbrios.

É usada também como técnica de primeiros socorros para certos males, na qual o próprio paciente se auto-aplica a massagem. 

A massagem consiste, basicamente, no emprego de dois tipos de toque:
Sedação - pressão contínua sobre um ponto;
Estimulação - pressão intermitente sobre um ponto. 
O congestionamento em um determinado ponto da complexa rede de canais que transportam a energia ki pelo corpo gera um excesso ou uma deficiência de energia. Quando a energia condensada se dispersa, o órgão afetado se acalma, ocorrendo então a sedação.

Para sedar basta pressionar profunda e continuamente o ponto específico do meridiano durante cinco minutos. O inverso é a tonificação, que aumenta o volume do fluxo energético do meridiano, ativando o órgão deficiente. Para tonificar, pressiona-se repetidamente o(os) ponto(os), em intervalo de um segundo, durante um a cinco minutos.

Vantagens do Do-in:

Simplicidade: os únicos equipamentos necessários são as agulhas (no caso da acupuntura), os cones de artemísia (no caso da moxa) ou os dedos no caso do Do-In.

Facilidade: as técnicas e as teorias são extremamente fáceis, tanto para se aprender quanto para se aplicar.

Eficácia: na maioria das afecções o efeito é instantâneo e duradouro.

Ausência de efeitos colaterais.

Economia: dispensa o uso de medicamentos e diminui a duração da convalescência.

Versatilidade: devido à ausência de equipamentos sofisticados pode ser utilizada em quaisquer circunstâncias ambientais.

Gráficos dos pontos e meridianos para tratamento da cefaléia.

4 - Pontos de EnergiaTodas as práticas chinesas incluem, diretas ou indiretamente, o trabalho de desbloqueio dos pontos de energia. Localizados abaixo da pele, esses vórtices energéticos transmitem o chi através de linhas preferenciais que se inscrevem no corpo numa topografia precisa. Ou seja, essas linhas ou meridianos, resultam de interligação ordenada dos pontos entre si, e cada meridiano dispõe de um certo número invariável de pontos. O meridiano é um trecho ao longo do circuito energético, uma faixa de representação fisioenergética com estreitas conexões com o órgão material que lhe dá o nome. Alinhados verticalmente no território somático, 309 pontos, duplicados nos dois lados do corpo, se interligam formando a Grande Circulação de Energia - a cadeia dos 12 meridianos principais. Acrescidos dos 52 pontos pertencentes aos 2 meridianos ímpares da Pequena Circulação, tem-se 670 pontos denominados pontos de meridianos. Além desses, um grande número de pontos extrameridianos, pontos dos microsistemas da orelha, do nariz, das mãos e dos pés completam um total de cerca de 1000 pontos conhecidos e utilizados nas terapias chinesas.

Basicamente todo ponto tem propriedades locais e sistêmicas mais ou menos pronunciadas. O efeito local refere-se a uma contingência anatômica: independentemente do meridiano a que pertence, um ponto irá influir na área do corpo onde se localiza. Sua estimulação promove o descongestionamento local, beneficiando afecções da estrutura e ainda influindo nas disfunções de um órgão que se localiza naquela região. A ação sistêmica é mais abrangente: por diferentes motivos, um ponto terá relações específicas com certas funções pertinentes ao seu meridiano; sua estimulação trará subsídios para a regulariza

ção da função alterada.
Nos desequilíbrios orgânicos as áreas, meridianos e pontos correspondentes se tornam doloridos; antes que o mal se manifeste somaticamente podemos detectar e tratar este desequilíbrio ainda ao nível de energia.Técnicas específicas (tonificação e sedação) permitem reforçar ou acalmar o funcionamento dos órgãos internos; manter o tônus energético e impedir que a energia fique cronicamente bloqueada em certas áreas do corpo.


OS PONTOS DE EFEITOS ESPECIAIS DA MÃO VISTA DORSAL.

1. DOR NASAL
2.CABEÇA TOTAL
3.HEMORRAGIA NASAL
4.OLHO
5.QUADRIL
6.PERNA
7.OMBRO
8.PESCOÇO

9. INSÔNIA
10.GARGANTA
11.NERVO CIÁTICO
12.COLUNA VERTEBRAL
13.FRONTE
14.PARTE SUPERIOR DA CABEÇA
15.PARTE LATERAL DA CABEÇA
16.PERÍNEO
17.OCCIPÍCIO
 

 OS PONTOS DE EFEITOS ESPECIAIS
 VISTA PALMAR


18.CALCANHAR
19.GRIPE
20.GASTRO INTESTINAL
21.TORNOZELO/TORAX
22.PALPITAÇÃO
23.POLIHIDROSE
24.HISTERIA

25.DOR DE DENTES
26.TOSSE
27.TORNOZELO/TORAX
28. ENURESIA
29. ÚLCERA ORAL
30.ENURESIA




9 comentários:

  1. se estou sentindo cainbra na perna ,qaul e o meridiano e o ponto a ser ultlizado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você terá que fazer tonificação no ponto F3(fígado),

      Excluir
  2. Texto claro, preciso, bem feito e maravilhoso. Adorei!
    Um abraço
    Alice

    ResponderExcluir
  3. Sinto sempre um bolo na garganta.

    ResponderExcluir
  4. Depois que iniciei a aplicação dessa técnica, o uso de medicamentos foi reduzido drasticamente.

    ResponderExcluir
  5. Conheço o Do-In desde a decada de 80 para mim tem sido muito bom no atendimento a auto cura

    ResponderExcluir
  6. No pontos de ombro e pescoço com dor intensa (pontos 7 e 8 da mão) devo fazer sedação ou estimulação? Por quanto tempo?
    Obrigada.

    ResponderExcluir